A receita de papel machê que uso é a mais simples e a mais fácil de todas que existem por ai. Algumas pessoas acrescentam à massa de papel e cola outros ingredientes como farinha de trigo, amido de milho, gesso, serragem, pó de giz, formol, detergentes, vinagre, argila, etc., mas isso é uma questão de gosto e objetivo.

Para mim, a melhor massa de papel machê caseira é aquela feita de papel higiênico e cola branca, sem nenhum ingrediente extra. Aqueles que usam a cola de farinha de trigo, adicionam antifúngicos porque a farinha é orgânica e deteriora-se. Seja com a cola branca ou com a cola de farinha de trigo, é fundamental deixar a peça secar bastante para eliminar toda sua umidade e evitar o desenvolvimento de fungos.

Obs.: Por gostar da textura final, eu uso papel higiênico (apesar do custo ficar maior) e também o papel tipo sulfite (o que usamos para imprimir, desenhar: oficio, A4 – aqueles que já foram usados os dois lados, faturas, impressos que iriam para o lixo, etc). Você pode usar qualquer outro tipo de papel para fazer a massa, menos papel carbono e os plastificados. Os papeis mais consistentes você deixa de molho na água por pelo menos 24 horas e liquidifica bastante. Os jornais são muito usados para essa técnica porque o custo é baixo. Aqueles suportes/caixas de papel para ovos e frutas também são ótimas para fazer a massa, pois fica bem macia.

Vamos a receita:

Material:

# 2 rolos de papel higiênico
# Água
(fria ou quente)
# 1/2 kg de cola branca (uso cola a base de PVA e a que mais gosto é a Cascorez rótulo azul)
# 01 recipiente tamanho médio (bacia ou balde)
# 01 colher ou espátula
# Peneira ou escorredor

Modo de preparar:

1. Coloque o(s) rolo(s) de papel higiênico, sem o cilindro interno de papelão, em um recipiente e adicione água.

Obs.: Você pode adicionar agua fria ou quente. A água quente dissolve mais rapidamente as fibras do papel.

2/3. Esfarele o papel até dissolver bem.

Atenção: Se usou água quente esfarele usando uma espátula.

Obs.: Pode-se também utilizar o liquidificador. Coloque uma porção de papel e adicione três porções proporcionais de água. Liquidifique, coe e siga a sequência a partir do quadro 4.

4/5. Retire o excesso de água com a ajuda de um coador. É importante que o papel seja bem coado. Aperte entre as mãos pequenas quantidades de papel retirando bastante a água.

Obs.: Se quiser, você pode colocar os bolinhos de papel em uma tolha, enrolando-os e espremendo-os ainda mais.

6. Depois de retirar bastante a água, esfarele o papel com as mãos até conseguir “grãos” bem suave.

Obs.: Nessa etapa, depois de esfarelado, tem alguns artistas que liquidificam mais uma vez para conseguir uma consistência mais fininha. Acho que com o papel higiênico não precisa, mas com um outro papel mais consistente, é uma opção.

7/8. Adicione cola aos poucos até que a massa fique úmida e com consistência parecida com massa de modelar. Pronto, pode usar.

Obs.: Cuidado para não acrescentar muita cola, se isso acontecer adicione mais papel.

SE FOR USAR O PAPEL SULFITE, PAPELÃO OU PAPEL JORNAL: rasgue em pedaços pequenos e liquidifique.  Se usar água quente o papel dissolve melhor. Siga a partir dos passos 4 e 5. A massa com papel sulfite também é ótima. A massa com papelão ou jornal fica com a textura mais rústica.

ATENÇÃO:
– Deixe sua peça secando a sombra em local arejado. Se for necessário colocá-la no sol, faça isso só após sentir que sua peça está seca ao toque e que está há algum tempo secando a sombra. Isso evita rachaduras e deformações.

– Não faça peças maciças, faça um suporte ou estrutura. Por exemplo, se for fazer uma bola, pegue uma bola de isopor e cubra-a com a massa de papel machê.

Divirta-se!!!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 4.4/5 (218 votes cast)
Receita de Papel Machê (papier mâchè), 4.4 out of 5 based on 218 ratings